Isabella e os gases – a novela

Desde o episódio em que nossa Pituca jorrou leite longe, comecei a amadurecer a idea de dar pra ela um remedinhos pra gases. Pesquisei, pesquisei, perguntei prazamiga e acabei decidindo dar Gas Drops do Little Remedies. 

Pois bem, foi na última sexta que após chegar de um passeio de carrinho pela montanha com o papai que Isabella tomou seu primeiro remedinho, após mamar. Apesar de ainda estar claro lá fora, já era noite e o processo mamada-remedinho-arrotos se encerrou por volta das 8, com ela dormindo profundamente. 

Eu, que estava completamente exausta, capotei sem nem jantar (isso tem sido bem comum por sinal). E qual não foi minha surpresa ao acordar às 4 da manhã! Isso mesmo, bebezuca dormiu profundamente por 8 horas ininterruptas. Atenção: no bercinho!!! “Milagre”, pensei! Teria sido o passeio com o papai (do qual ela chegou se esgoelando rs) ou o remedinho? 

Minhas esperanças se renovaram e eu já pensava em tudo o que eu iria fazer nessa nova fase. Temos uma mudança para organizar, né? E nos restam menos de 2 semanas na terra do Kimchi.

Mas… é “alegria de pobre dura pouco” que chama? Então, durou bem pouco mesmo. Na noite seguinte, a mágica acabou, a carruagem virou abóbora e a Bela adormecida virou a Ogra da madrugada, voltando a acordar não uma, nem duas, mas 3 ou 4 vezes. Mas pior do que as múltiplas acordadas, foi a maneira que ela começou a acordar: entalada/engasgada. Um verdadeiro pesadelo. E eu, desesperada, dou um pulo cada vez que isso acontece. Esta noite, cheguei a dar um grito com o susto que levei. 

Olha, saudade dos dias em que ela fazia rotineiramente o cocô das 2am. Naquele tempo, os gases incomodavam menos. Ela acordava, mamava, arrotava, fazia coco e apesar de demorar a dormir novamente, quando dormia não a acordava entalada. E, gente, é tão difícil ver o desespero de uma bebezinha tão pequenininha e não saber como ajudar… eu choro, rezo, peço, mudo a pequena de posição… e sempre me desespero. 

Resumo da Ópera: não foi o passeio com o papai, não foi o remedinhos. Foi sorte mesmo, sorte é coincidência. 

Voltamos à estaca zero:  bebê acordando múltiplas vezes, demorando horrores para arrotar, dormindo em cima de mim a noite quase toda e entalando a cada acordada. 

Papai do Céu, dá pra sair um milagre aí? Eu realmente preciso dormir. Nem

Que seja aquelas 3 horinhas por noite. Sim, porque agora, não durmo nem quando ela dorme, de tanta preocupação com essas entaladas/engasgadas noturnas. 

Ah! Não sei se já falei (memória de mãe que não dorme consegue ser pior que memória de grávida) mas durante o dia ela só dorme no colo. E mama praticamente a cada hora e meia. 

Morta com farofa estou. 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s