sete semanas

Os sorrisos sociais começaram ainda na semana passada, mas agora se consolidaram e os matinais são meus favoritos, de derreter meu coração cansado. É impressionante como mesmo sem dormir, exausta, descabelada, cheia de dores pelo corpo, basta minha Pituquinha abrir um sorriso de bom dia pra que meu humor mude e minha energia se recarregue (nem que seja por uns instante apenas). Acho que este é um dos super poderes de mães: encontrar forças no sorriso do seu bebê 🙂 Eu, particularmente, poderia passar o dia inteiro olhando pra esse sorrisinho banguela.

filando um colinho de vó e deixando de brinde uma golfadinha básica

Mas não bastasse os sorrisos mais lindos, Bebellinha nos presenteia também com muita conversa e bom humor. Não lembro dos meninos stem assim nessa idade. Alias, Vivi era até meio emburradinho. Não acredito muito nessas coisas, mas, seria essa sociabilidade “coisa de menina”? 

A outra novidade são as bolinhas de cuspe e babinha que já começam a se fazer presentes. Mais um pouco e Isabella aprenderá a fazer “raspberries” e a deixar seu rastro de baba por onde passar rsrs

Mas infelizmente nem tudo são flores e os gases da madrugada chegaram com tudo. A primeira noite gasosa foi assustadora. Após a mamada da madrugada, Bellinha golfou (vomitou?) longe! Já tinha ouvido falar desses jatos mas nunca tinha visto dr perto. Foi aterrorizante! Nas noites seguintes não tivemos mais os jatos, mas a inquietação se instalou. A pequena sofre de gases, muitos gases que incomodam mais à noite do que durante o dia. Talvez porque ela engula muito ar na mamada da madrugada… Como a bichinha frequentemente dorme 3, 4 até 5 (já aconteceu de serem 6!) horas, quando acorda, pega o peito com desespero e muito embora eu a posicione de frente pra mim com a cabecinha bem mais elevada que a barriga e cheque se a pegada esta certinha, ela acaba engolindo ar assim mesmo (acho que, no desespero, engole o ar que respira pelo nariz junto com o leite que mama). Aí é um sufoco! Mesmo arrotando e ficando na vertical no meu colo por meia hora, quando vai pra caminha acaba acordando um tempinho depois, sempre se contorcendo e às vezes já golfando. Ou seja: eu não durmo mais nem quando ela dorme. To sempre alerta e de pé ao menor som. 

Não sei quanto tempo mais vou aguentar nessa vida de zumbi, afinal de contas, o instinto materno até ajuda mas a idade pesa e minha energia já não é mais a mesma. 

Não gosto da ideia de dar remédio pra bebê e nem nada que não seja peito, mas to achando que terei que me render e apelar para um remedinhos para gases, pelo menos na madrugada.

Vejamos o que acontece.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s