33 semanas, faltam mais ou menos 7

Agora faltam menos de 2 meses – hopefully!

Esta noite foi cruel. Fui deitar já passava das 11, mas dormir mesmo só depois das 2 am. Nem rolar na cama eu pude, porque, virar de um lado pro outro é um sacrifício e tanto. Mas levantei pra fazer xixi e beber água 2 vezes nesse interim. E pensei tanto que achei que a cabeça fosse explodir. Pra completar, baby cismou de chutar (ou socar?) minha bexiga durante essas 3 lindas horas que passei insone. Que delícia! rs Eu que sempre sorrio quando sinto uma mexidinha aqui dentro, fiquei foi tensa, me concentrando pra não me assustar com os chutes/socos lá embaixo – e eles sempre vinham quando me distraía, claro, rs. Mas sobrevivi a mais uma noite. Acordei cedo, preparei o lanchinho dos meninos e os levei pra escola. Agora tô aqui no modo zumbi, mandando emails pra escolas, procurando casas… e daqui a pouco já tenho que sair novamente.

…..

A pele da minha barriga está esticada ao máximo, as veias saltam e as estrias, ah as estrias… estão tomando conta. Não há óleo, nem manteiga, nem creme, nem nada que as impeça de surgir. Não tem jeito, aquela barriga “saquinho murcho e enrugado” me aguarda – na melhor das hipóteses. Mas eu tô em paz. A maturidade traz isso pra vida da gente, essa paz. A maturidade e a vida longe das praias do Rio, rsrsrs

Fosse há 10 anos, eu estaria freaking out. Mas hoje, eu só olho e lamento, mas não sinto aquela tristeza estética. Pelo menos isso, rsrsr

E do alto da semana 33, sinto uma certa estranheza por não estar com aquela ansiedade própria das grávidas que vão chegando à reta final. Sinto quase uma culpa por isso. Como eu posso não estar ansiosa, antecipando a chegada do baby?! Como eu posso não estar curiosa pra ver o rostinho, segurar as mãozinhas, cheirar os pezinhos?!

Não é que eu não tenha vontade de conhecer meu terceiro rebento, diria que tá mais para uma auto-proteção, porque após a chegada do baby, começa oficialmente a correria para liquidar a lista de pendências a resolver antes e depois da mudança. E essa lista é tão vasta, mas tão vasta, que me dá um cansaço enorme só de pensar. Sinceramente não sei como sobreviveremos ao turbilhão que nos aguarda. A coisa só vai se acomodar um pouco lá pro final de julho, quando eu espero já estar instalada em nossa casa temporária (alugada – possivelmente um apartamento) e os meninos matriculados nas respectivas escolas novas.

Por ora, sigo tentando não antecipar os problemas, tô deixando cada um deles pro seu devido momento, até porque, de que adianta fica ansiosa, quando ainda não tenho como resolve-los?

Por ora, minha ansiedade está voltada para o que eu vou comer no dia em que o bebê nascer(!!!). Eggs benedict, com aquela geminha bem molinha escorrendo (vai anotando aí, marido!). No menu, também quero um sanduíche de salaminho, presunto de parma, ricota, rúcula e azeite na baguete. Faz tempo que não ligo mais tanto assim pra frios, mas essa gravidez sem comer salame e presunto de parma está me deixando na secura! Ia adicionar ao menu pós parto uma tacinha de vinho rosé, mas acho que estaria indo longe demais. O rosé pode esperar. O salaminho e a gema mole não 😛

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s