32 semanas – decisões, decisões…

Esse blog está quase monotemático, eu bem sei, mas o que fazer se nem sair pra bater perna eu posso mais?

O frio e a poluição fazem com eu que tenha que me refugiar em casa, me esconder na minha caverninha e por isso acabo mergulhando profundamente neste momento gestacional.

É chato ficar em casa, é muito chato não poder encontrar cazamiga pra passear, mas a prioridade não é me entreter, mas ficar bem, com a saúde em dia e a energia recarregada para enfrentar a possível maratona que me aguarda em, se Deus quiser, menos de 2 meses. Minha tosse está praticamente curada, não estou resfriada, nem com alergias e assim pretendo permanecer. Então, algo me diz que o tema gestação/maternidade prevalecerá soberano até os últimos dias dessa Minha Vida Coreana. Se bem que, do jeito que a coisa será enrolada em nosso último mês aqui, desconfio que teremos ainda narrativas dramáticas sobre os preparativos para nossa mudança pro outro lado do mundo.

Por ora só tenho a agradecer por essa gestação estar sendo bem legal, sem dramas intensos, dores insuportáveis, nem desconfortos fora do comum.

Vivo cansada? Sim. Acordo várias vezes no meio da noite pra, com alguma dificuldade, trocar de lado ou fazer xixi? Sim. Sinto aquela dorzinha pélvica na virilha direita, que me impede de saçaricar? Totalmente. Canso rápido quando fico em pé cozinhando? Ô! Tô me sentindo super pesada e desajeitada com esses 66 Kg (13 a mais até agora)? Claro. Sofro diariamente para acordar cedo, antes do sol, para preparar os meninos pra escola? Pode apostar. Mas, gente, não tenho que trabalhar sentada numa mesa o dia inteiro, não tenho que limpar a casa, posso tirar uma sonequinha durante o dia quando o cansaço aperta demais… Como reclamar?

Só mentalizo para ser agraciada com um parto tranquilo, um baby saudável, abundância na produção de leite, uma recuperação rápida e, claro, uma lua de leite plena. Amém.


Em tempo: Só pra não dizer que tá tudo, tudo suave nessa gestação, tive esta semana um episódio feio de constipação (too much information?) que me fez repensar seriamente na decisão de tentar um parto natural. Sim, porque uma das principais motivações (além de eu acreditar que é o melhor pro bebê), é não precisar de intervenções (anestesia, indução, cortes, cirurgia, remédios e mais remédios…) e assim me proteger de um flare up do Sjogren e ter um puerpério mais tranquilo, até porque, teremos o desafio de uma mudança, uma viagem longa e muitas decisões a tomar aqui e no destino, tendo um bebezinho a tiracolo. Mas, se um parto natural me colocar em risco de precisar encarar uma cirurgia na sequência, por conta do esforço, já começo a considerar que talvez seja melhor encarar de uma vez uma cesariana eletiva e call it a day. Acho que decidiremos isso na próxima consulta na clínica, conversando com o médico e a midwife.

Em tempo 2: Ontem estive no hospital, em consulta com o obstetra backup (caso eu precise ser transferida para um hospital maior) e ele mencionou que eu deveria tomar a vacina de coqueluche(!!!). Eu, que fiquei “chata”e não engulo mais solicitação de médico sem questionar, perguntei o motivo e se era realmente necessário. Ele disse que era uma vacina eletiva e que eu poderia me informar antes de decidir.

Não é que eu seja contra vacinas, não mesmo, muito pelo contrário, mas nunca tinha ouvido falar da necessidade de tomar esta vacina durante a gestação, aliás, nunca tomei vacina nenhuma (nem a de gripe que muita grávida toma) e não veria necessidade, já que o bebê começa a ser imunizado contra a doença aos 2 meses. Maaaaaas, após ler artigos aqui e ali, estou começando a considerar, simplesmente porque não tenho certeza se ao fazermos nossa longa viagem de mudança para a Flórida, o bebê já terá tomado as vacinas dos dois meses. Tudo vai depender de quando o bebê nascer… Porque eu certamente não quero arriscar viajar com um bebê tão novinho respirando aquele ar viciado de avião por horas a fio… Bom, tenho até a próxima consulta para definir mais essa.

Decisões, decisões…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s