24 semanas

Vinte e quatro semanas completas e a balança me avisa: “já são 62Kg, querida, you better watch out!”. Pra quem começou na casa dos 53 Kg e ainda tem mais 16 semanas pela frente, diria que isso não é um bom sinal.

Conheço muita mulher que ganha 8 Kg (até menos) durante a gestação inteira! E não vou nem dizer que tô comendo em excesso, mas certamente como mais e pior que o de costume. Tô mais desregulada (especialmente agora que os meninos estão em casa, de férias), mais estressada, mais ansiosa. Parei de meditar faz tempo (retomei noutro dia, porque nem eu tô me aguentando mais, me irrito com uma facilidade incrível) e sigo não resistindo aos doces. E as festividades ainda não terminaram, os left overs do Natal foram cruéis e talvez ainda role uma crueldade extra do Reveillon! Ainda assim, não imaginei estar tão pesada às 24 semanas.

Veja bem, apesar do ganho de peso, tirando uma certa falta de ar quando eu falo muito e por muito tempo, estou super bem, não sinto dores (pelo menos não por enquanto), a menos que fique sentada ou em pé por muito tempo. Também não fico inchada e ainda posso andar bastante, desde que depois da caminhada eu possa dormir, rs. À noite, apesar de já sentir um certo desconforto, especialmente no quadril do lado esquerdo (que é o lado indicado para se dormir) que incomoda bastante durante a madrugada e me obriga a trocar de lado com mais frequência do que gostaria, o que além de dar trabalho, dado o tamanho da pança, me deixa bem tensa, afinal tem essa história que o blood flow pro bebê fica prejudicado quando se dorme do lado direito.

Na última quinta fomos à consulta das 24 semanas, quando fiz o temido exame que mede a glicose. Infelizmente, o resultado não saiu na hora, só saberei se está tudo em ordem na quinta que vem. Até lá, sigo na expectativa pra saber se terei que eliminar os docinhos da minha vida por completo ou se ainda poderei desfrutar de uma doçura aqui e ali.

Fora essa expectativa, a consulta foi ótima. O bebê parece estar bem, apesar do notável “overbite”, que o faz parecer um personagem do Snoopy – palavras do marido, rs. Todas as medidas estão normais, cerviz fechado, placenta, apesar de anterior, não está em cima da cicatriz (ufa!) e eu sigo sem vestígios de pre-eclampsia. Diria que tudo parece bem positivo.

Desta vez, me informei sobre todos os valores no caso de parto natural e cesariana e também sobre o custo de uma possível Doula – serviço que estou inclinadíssima a contratar. De todos os valores, o que mais me assustou foi a diária do quarto que varia de 400 a 800 dólares por noite! Choque total!!

No melhor cenário, com um parto natural e rápido, sem complicações pra mim nem pro bebê, gastaremos uns 2.500 dólares. No pior cenário, o prejuízo dobra. Bom, mas a verdade é que este, graças a Deus, é o menor dos problemas.

Agora é aguardar o resultado do tal exame de sangue, torcendo pra que esteja tudo certo, mesmo eu tendo enfiado o pé na jaca e a cara no pudim no Natal.

Semana que vem saberemos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s