De pernas bambas

Ontem, por volta do meio-dia, enquanto tomava banho, perdi 3 ligações do Hospital onde estou fazendo o acompanhamento prenatal.

Estava esperando por essa ligação ansiosa, mas infelizmente não tinha como retornar, porque o número que aparecia pra mim era um número geral do Hospital cujo atendimento era todo em coreano. Mandei então um email para o atendimento internacional explicando a situação e eles disseram que o departamento de obstetrícia ligaria novamente mais tarde.

No fim do dia, perdi mais uma ligação, enquanto estava numa consulta com o GP, por conta da gripe/faringite que me fez perder totalmente a voz. Aliás, ainda que eu atendesse, não teria como me ouvirem, porque até aquela hora, eu só conseguia sussurrar e com muita dificuldade.

Finalmente, lá pras 8 da noite, quando estávamos saindo do restaurante, ligaram novamente e eu, já com alguma voz, consegui atender.

A mocinha do outro lado começou a me dar uma longa explicação, o que foi me deixando tensa, com as pernas fracas. Listava o nome de várias síndromes e por fim falava também do tubo neural. Eu, na rua, super tensa e com os ouvidos meio entupidos por conta da gripe, não conseguindo ouvir direito, pedi que repetisse, mas ainda assim não entendi se tinha ou não algum problema. Perguntei: o exame apresentou alguma alteração? Ao que ela respondeu “não, está tudo certo”.

Agora me diz, custava começar a conversa dizendo “pode ficar tranquila, não foi encontrado nenhum problema com o bebê”?? Em vez disso, toda aquela explicação introdutória desnecessária, me deixou de pernas bambas, encostada numa parede , com olhos arregalados.

Quando desliguei o telefone, senti as pernas pesarem ainda mais, os joelhos doerem e chorei até esvaziar todo o reservatório. Que tenso, viu? A sensação física era de alguém que estava andando a passos curtos, arrastando correntes pesadas e de repente teve as pernas desatadas de todo aquele peso. Chorei compulsivamente. E agradeci a Deus, aos céus, à vida, à mãe natureza, aos anjos e a todos os espíritos de luz.

Nem eu sabia que eu estava tão estressada com aquela espera pelo resultado.

So far so good. Mais uma notícia positiva.

Agora é aguardar dia 29 chegar, rezando, torcendo, mentalizando para que o resultado da ultra de alta definição seja também positivo. Só assim poderei relaxar um pouco e começar enfim a curtir, antes tarde do que nunca, a segunda metade dessa gestação surpresa.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s