Hoi An: segundo dia

Hoje, no café da manhã, fomos surpreendidos com voucher para massagens e um jantar à luz de velas. Chique né? Este hotel está se saindo muito melhor que a encomenda. Em pensar que no último minuto, eu quase cancelei nossas reservas para ficar numa pousada… 

IMG_4635IMG_4634IMG_4639

Oh well, começamos o dia novamente, pegando as bikes para ir em direção ao centrinho. Desta vez pelo caminho mais fácil, direto e seguro. Aqui também tem muita motoca, mas os motoristas são menos doidões. Mesmo assim foi meio tenso, não por mim, mas pelo Vivi que, tadinho, enfrentou o caminho pedalando numa bike que mal o permitia apoiar os pés no chão. Nickito foi na cadeirinha, na garupa do papai, living the life, as usual.

IMG_4630IMG_4628IMG_4375IMG_4373IMG_4376IMG_4377

Anyways, o dia tava lindo, o céu aberto e a cidadezinha ainda mais fofa.

O almoço foi petiscado à beira da piscina no hotel, onde passamos a tarde toda. As crianças estão no paraíso. Com a vida que pediram a Deus. Piscina, petisqtuinhos e saquinhos a vontade todos os dias, afinal, eu prometi que essa última parada da viagem seria mais relaxing 😉

IMG_4335IMG_4336IMG_4339IMG_4343IMG_4342IMG_4344IMG_4348

À noite, fomos pra old town com a free shuttle do hotel. Super conveniente 🙂 

O motorista nos deixou do outro lado do centrinho, que é ainda mais fofo e colorido. 

Resolvemos escolher um restaurante sem a ajuda do Foursquare pra variar um pouquinho e demos muita sorte! Comida deliciosa no Ms Vy’s, que também é uma cooking school. 

IMG_4356IMG_4360IMG_4362IMG_4367IMG_4368IMG_4371

Aos poucos vamos aprendendo a malandragem para encontrar bons restaurantes. A regra é mais ou menos essa:

1- veja se está cheio (cheio é sempre um bom sinal)

2- investigue o menu na porta. Se tentarem te convencer a entrar, agradeça e fuja. Bons restaurantes não pressionam cliente. 

Saímos de lá bem felizes e bem alimentadas. Sem o exagero de ontem à noite no indiano mais badalado da região 🙂

Uma coisa interessante é que a noite em Hoi An é linda, iluminada e colorida, maaaaas, o glamour tem hora pra acabar. Às 10 as luzes das pontes e das lanternas se apagam. Os restaurantes encerram o expediente e a cidade se recolhe quase que por completo. Parece estar mandando os turistas embora: vai dormir, galera! 

IMG_4666IMG_4382IMG_4385IMG_4386IMG_4387IMG_4388

Obedientes que somos, pegamos o caminho da roça, até porque os meninos estavam exaustos depois de uma tarde inteira brincando na piscina.

Voltando pro hotel… taxi por 200 mil dinheiros vietnamitas? Não, obrigada. Ando mais um tico e pago 35 no grab. Não é que seja caro (é bem barato até) mas o certo é o certo. Fico danada quando sinto que estão tentando me enrolar. Sou turista mas não sou jeca, caramba. Não venha tentar me empurrar preço inflacionado não, porque eu prefiro voltar andando. 

Mas nem precisou. Só da gente se afastar um pouquinho do centrinho antigo, já conseguimos um grab por 35. Como a gente gosta de gente honesta, pagamos 50 e todos viveram felizes para sempre 😛

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s