Cingapura: terceiro dia – “Dia das Crianças”

Dia das crianças 🙂 

Hoje, abrimos mão de um dia de passeios pela cidade para levar os moleques à Universal Studios, em Sentosa. 

Pra ser bem sincera, meio que me arrependi. O parque é bem pequeno, não oferece muitas atrações interessantes e estava bem cheio, apesar de ser um dia de meio de semana. Agora, se eu me arrependi, calcula como Mauricinho ficou? Revolt total.

Só pra ter uma ideia, eu e Vivi ficamos quase 2 horas na fila pra uma das montanhas poucas russas. Tortura. 

IMG_4169IMG_4171IMG_4173IMG_4174

Cheguei a pensar em comprar o tal do Universal express, maaaassss, era mais caro que o ingresso! Um assalto. Anyways, o importante é que as crianças curtiram (curtiram, mas reconheceram que era fraco). 

Passemos o dia quase todo lá e depois fomos conhecer a praia, sentar na areia e ouvir o barulhinho do mar. Nickito ficou fazendo castelos na areia e Vivi ficou tentando a se jogar no mar de roupa e tudo, mas foi impedido pela asma que já estava bem pior àquela altura. 

IMG_4178IMG_4181IMG_4182IMG_4183IMG_4185

O plano era jantar num restaurante na beira da praia, assistindo o sol se pôr, mas em vez disso, saímos de Sentosa em direção ao hospital com o vivi que, por conta da gripe, estava com a asma bem agravada. Deixamos um rim e um fígado lá pra pagar a conta de quase 400 dólares (entre consulta e medicamentos). Fazer o que? Quem não faz seguro paga a conta. A gente nunca faz seguro.

IMG_4188IMG_4189IMG_4190IMG_4191712df25a-f083-4067-8c47-de1320a01059

Agora, pelo menos, acho que a situação está sob controle até voltarmos pra casa. Ainda temos uma semana em Hoi An. 

Férias longas, eu sei. 

Terminamos a noite jantando novamente com nosso casal de amigos  cingapurianos super gente boa, Jimmy e Jenny. Lots of fun 🙂

Muito bacana poder reencontrar amigos espalhadas pelo mundo. 

PS. Tomamos café da manhã caro e safado no Hotel. Não estamos dando sorte com cafés da manhã nessas férias. Na verdade, prefiro mil vezes ficar em Airbnb. Só assim a gente consegue ter mais liberdade, mobilidade. Só assim a gente consegue viver o lugar de verdade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s