Hanyak

Estando na Coréia, faça como os coreanos.

É o que estamos fazendo.

Já faz mais de um mês que nos jogamos nos braços da medicina tradicional coreana.

A motivação, claro, foi o Vivi que em sua última consulta com o endócrino-pediatra nos preocupou com um crescimento de apenas 1.3 cm em quase 4 meses. Nós ficamos preocupados e o Vivi desesperado, tadinho. Um medo horroroso de ficar baixinho.

Desde que começou a regular o hormônio com Synthroid, ele até vinha num ritmo bom de crescimento, mas de repente deu uma desacelerada. Os dentes também nunca voltaram ao ritmo normal de trocas. Ficamos inseguros e resolvemos partir para a famosa medicina alternativa (que cá entre nós, é a minha favorita).

O lado bom é que consultas e sessões de acupuntura são cobertas pelo plano de saúde do governo. O lado ruim é que o chazinho milagroso não é (o que, agora, escrevendo, makes me wonder why… será que é porque não há comprovação de eficácia? hmmm…).

Pra nosso azar, o tratamento do Vivi é exclusivamente a base de Hanyak (a solução herbal milagrosa), que nos custa 350 doletas a cada duas semanas.

Ele toma 3 vezes ao dia e o tratamento deve durar de 3 a 6 meses (voa, dinheiro!).

Pra nossa sorte, parece que o milagre está acontecendo (a ser confirmado em agosto, na próxima consulta com o endócrino). Desde que começou o tratamento, um dos segundos molares amoleceu e caiu e outros 3 já estão amolecidos também. Coincidência? Talvez.

Sem falar que o menino está com mais energia que nunca, uma disposição invejável, nunca vista no corpo desse aprendiz de preguiçoso, rs

O tal do hanyak (que é preparado sob medida para cada paciente) tem um cheiro forte e não é nada gostoso, mas ele toma feliz. Especialmente agora que está notando os efeitos.

Muitos coreanos juram de pés juntos que a medicina coreana tradicional é o que há, outros, mais céticos não levam fé. Nós resolvemos pagar pra ver. Literalmente.

Tão literalmente que até eu entrei na dança e, movida pelos sintomas do Sjogren super agravados, procurei socorro por lá também para aliviar a secura da boca e olhos.

Meu tratamento envolve acupuntura 2 vezes na semana e hanyak 3 vezes por dia, por 3 meses.

Mesmo tendo começado ha pouco tempo, já noto uma pequena melhora, mas ainda não posso dizer se foi o acaso ou o efeito do remédio e das sessões de acupuntura.

O que sei mesmo é que sinto uma facada no peito cada vez que passo o cartão para pagar esse hanyak todo que a gente consome.

Mas vamo que vamo, com fé em Deus e na medicina coreana.

Em tempo: Um dos motivos da minha insegurança com o tratamento padrão com Synthroid é que o médico, apesar de bem atento aos níveis de T4 e TSH, não dá a mínima pro TPO que sugere uma autoimune (Hashimoto) como causa do hipotireoidismo. Eu, como sou leitora ávida dos assuntos relacionados a autoimune e da sua correlação com a alimentação,  não consegui me conter. Além disso, ele nunca repetiu outros exames que estavam alterados há um ano (colesterol e ferro), simplesmente deduziu que  estavam relacionados ao hipo e pronto. Na minha cartilha, é necessário double check. Sempre. E foi assim que partimos para a medicina dos curandeiros :0)

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s