Japão – dia 3: Kyoto

Num mundo ideal, hoje teria sido o dia de visitar vários parques, templos e jardins na mesma região. A rota estava toda traçada e salva no MyMaps, mas como sempre, não conseguimos sair cedo do hotel, até porque não dá pra forçar tanto a barra em cima dos moleques, eles têm direito a dormir até um pouco mais tarde depois de tanta caminhada durante o dia. Hoje foram cerca de 15 km, ontem uns 12. Não é moleza, não.

P1100231IMG_2066P1100240IMG_2159

Começamos o dia visitando o Shoseien garden, um jardim lindo perto do nosso hotel, onde ficamos por um bom tempo wandering e apreciando paisagem, sem pressa, do jeito que eu gosto. 

IMG_2030IMG_2074IMG_2160P1100226

Saindo de lá, seguimos, a pé, claro, em direção a Gion, one passeamos pelas ruas perfiladas por lojinhas, cafes e gueixas (não as de verdade, infelizmente, rs). Passamos pela fofa Shirakawa Minami-dori, uma ruazinha super simpática que serve de pano de fundo para muitas sessões fotográficas. ë impressionante como sempre tem alguém varrendo as ruas ou catando uma folhinha que cai. A cidade é spotless. Parece até um cenário. e Ai de quem se atrever a deixar um papelzinho escapulir da mão. Multa na hora!

IMG_2175IMG_2089IMG_2091IMG_2097

Após uma boa caminhada, chegamos ao Chion-In Temple onde passamos um bom tempo passeando. É sempre interessante observar como os locais se comportam e o legal é que nesses templos, apesar de turísticos, sempre avistamos locais e, com  sorte, uma cerimônia acontecendo. Acho lindo o respeito das pessoas para com os templos. Tirar os sapatos antes mesmo de subir as escadas, bow… o comprometimento com a religião e as tradições são traços bem marcantes por aqui.

IMG_2162IMG_2173

A melhor parte foi quando os meninos se meteram no meio da meditação de um budista (que devia estar em alfa mesmo), sem serem convidados obviamente, e começaram a batucar um taborzinho no mesmo ritmo do mestre. No inicio tava bonitinho, mas quase tive uma crise de riso quando o Nick resolveu acelerar e fazer seu próprio ritmo. Não sabia o que fazer, se entrava e arrancava os dos de lá, ou se fingia que não via.

IMG_2110IMG_2163IMG_2164

Acabamos ficando por lá mais tempo que o planejado e quando voltamos para nossa jornada, os meninos (pequenos e o grande também, rs) já estavam meio cansados, o que comprometeu meu passeio pelo Maruyama Park, que acabamos vendo só de passagem.

Também não completamos minha lista de visitas, até porque, impressionante: paga-se para entrar em qualquer lugar nesta cidade! Templo, jardim, palácio… difícil achar uma atração gratuita. E… somos 4, né? Apesar das crianças não pagarem em alguns lugares ou pagarem só a metade noutros, ir a várias atrações no mesmo dia pode quebrar o banco, rs.

IMG_2127P1100249IMG_2165

IMG_2135P1100263IMG_2174IMG_2171IMG_2176P1100292IMG_2170IMG_2169P1100310P1100313P1100314

Mas tudo bem, valeu cada parada que fizemos 🙂

Voltamos pro hotel já no fim do dia, andando, claro, e pudemos curtir um pouco mais das ruazinhas fofas de Gion.

Amanhã tem mais. Isso se tivermos energia, porque esta madrugada tem jogo do Brasil.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s