Meu pequeno escritor

Nickito, este ano, deslanchou na escrita. Escreveu e ilustrou tantos livros que até perdi as contas. Os livros são curtinhos, mas nem por isso as historinhas deixam a desejar. Têm começo, meio e fim e alguns são até mesmo divididos em capítulos, para melhor compreensão do leitor (ou simplesmente porque ele acha mais interessante ter vários capítulos, rs).

img_1656

Ele cria os personagens e os enredos e, muitas vezes, um livro vira uma série.

É o que ele mais gosta de fazer no colégio durante o free time e, claro, a professora adora, fica toda boba e lê de cabo a rabo todas as obras do pequeno, com direito a post-its espalhados pelas páginas com perguntas, críticas e sugestões – coisas que meu mini-autor não curte muito, já que é grande sua dificuldade em lidar com críticas. Com elogios ele lida super bem :O), mas fica frustradíssimo com qualquer crítica, por menor ou mais bem intencionada que seja. E isso não vale apenas para sua escrita, mas para toda e qualquer coisa que ele faça.

Agora, já de férias, Nickito começou um novo livro, ao qual ele está dedicando horas, não apenas com a escrita em si, mas também com pesquisas, para garantir que sua história esteja bem fundamentada.

Eu, apesar de sempre pedir para que ele só me mostre depois de terminado, já dei umas espiadas over his shoulders e a obra parece estar ficando bem bacana – adoro a maneira como ele conta suas histórias e também a forma como ele ilustra!

Claro que  a letrinha poderia ser beeeem mais caprichada, sem erros rabiscados e tal, mas nem me atrevo a criticar meu mini-autor genioso, porque correria o risco dele rasgar tudo e jogar no lixo (como já aconteceu um par de vezes). Como ele, todo o cuidado é pouco quando se trata de críticas. Eu escolho as que faço, a dedo.

fullsizeoutput_4850

Eu quero muito transformar uma das obras dele num livro de verdade e mandar imprimir e encadernar como tal. Ele certamente ficaria super feliz e orgulhoso. Mas preciso decidir pelo livro certo, nem muito curto, nem muito longo, com a dose certa de ilustrações e a história mais completinha e criativa. Vai dar um certo trabalho organizar o texto, refazer digitalmente as ilustrações inspiradas no traço dele e diagramar tudo num formato que flua e seja de fácil leitura (e agrade o autor, rs), mas estou certa de que valerá a pena 🙂

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s