Segura esse tempo, que tá passando rápido demais!

O tempo passa, o tempo voa e os meninos crescem numa velocidade ainda maior. Cadê meus bebês? Onde estão meus molequinhos? Vivi com 10 anos, Nickito com 7, meu Deus, por que tem que passar tão rápido?

IMG_0139IMG_0142IMG_0140Hi5rooNAT2SrRyfO61rQSA

Fim de semana passado, a temperatura subiu, chegou a 16 graus, o que nos fez catar as crianças (enquanto ainda podemos) e levar pro parque. Demos uma paradinha no World Cup Park, que fica mais pertinho daqui de casa, mas logo seguimos em direção ao Olympic Park, beeeeem mais distante (graças ao trânsito), onde nunca havíamos ido.

IMG_0133

Nickito com sua scooter, Vivi com seu skate. Foi uma farra. Eles se divertindo e a mamãe se desesperando, até porque, o aprendiz de “ishqueitishta” tinha esquecido de levar o equipamento de segurança. Foi um tal de subir ladeira e descer em velocidade, que só vendo. E a cada descida eu, além de pedir pros anjinhos da guarda os protegerem, pensava: como eles estão grandes. Parece que foi ontem que aprenderam a andar… Mais uns anos e eles começarão a bater asas fora do ninho.

KBgvPY4fQ8ynVnFro%0OyA

Eu e minha saudade antecipada.

Que bom que ainda os tenho  (kind of) presos à barra da minha saia! Que bom que estou aproveitando e me divertindo com a diversão deles. É tão engraçada essa capacidade que uma mãe tem de ficar feliz só de ver a felicidade dos filhos, né não? Isso vale também pra tristeza, pro estresse, pra angústias… É como se a gente sentisse o que eles sentem. Já imaginou como ficarei se um dia eles tiverem uma decepção amorosa? O término do primeiro namoro! Ai, acho que não suportarei ver meus pintinhos sofrendo de amor…

IMG_0135IMG_0136IMG_0137

Mas enquanto o trem-bala não chega na estação da adolescência e dos namoricos, enquanto a vida me permite o privilégio (às vezes estressante, confesso) da bagunça e do barulho intenso dentro de casa o tempo todo, vou registrando as doces memórias, porque uma coisa é certa: O tempo passa, o tempo voa e os meninos crescem numa velocidade ainda maior.

IMG_0141IMG_0138

Deixo aqui registrado não apenas este pedacinho de sweet memory, mas principalmente minha gratidão pelas pequenas coisas da vida, pelos mais singelos momentos que enchem meu coração de alegria e me fazem respirar fundo e  sentir que tudo valeu/vale/tem valido a pena. Porque, não sei você, mas se eu pudesse voltar no tempo, não voltaria, não mudaria um nada, nem mesmo aquelas coisas das quais me arrependo/me culpo (e ó, não são poucas), porque acredito, de verdade, que a conjunção de todos aqueles fatores, de todas aquelas escolhas (conscientes ou não) me conduziram pra onde estou agora. E não tô falando da Coréia, rs, mas do meu universo particular.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s