Férias 2018 – Itororó

Este ano resolvemos passar uma parte de nossas férias, no exílio da Cabana da Ponte, fazenda da família do marido, que fica em Itororó, no interior da Bahia.

Antes dessas férias eu havia ido lá uma única vez, quando ainda éramos namorados. Põe tempo nisso!

A viagem até Ilhéus (cidade mais próxima com aeroporto) foi surpreendentemente rápida. Pegamos um avião no Santos Dumont (aliás, minha primeira vez no SDU) e uma hora e quarenta minutos depois estávamos em Ilhéus, onde passamos a noite numa pousadinha na beira da praia.

Duro foi a viagem de Ilhéus para Itororó, no dia seguinte.

Um trânsito infernal, numa “estrada”(a única) que passa por dentro da cidade e tem, passem, uma pista pra ir e uma pra voltar. Um suplício! Acho que levamos umas 3 horas pra fazer um percurso de 30 minutos. O trânsito era tanto e o calor tão grande que o ar condicionado do carro pifou e tivemos que nos contentar com a janela aberta para não morrer na sauna a vapor que se transformou o carro.

Entre mortos e feridos, salvaram-se todos. Quatro horas depois, chegamos à fazenda e a segunda parte das férias começou oficialmente.

Foi tudo ótimo e, o melhor de tudo, os meninos puderam interagir intensamente com os primos, tios e vovô!

Vivi, especialmente, ficou encantado e totalmente viciado nos cavalos. No primeiro dia em que subiu no cavalo, ficou meio ressabiado, mas não demorou nadinha até que pegasse confiança. No final, tava todo vaqueirinho, cheio de estilo apostando corrida. Tão crescido o meu bebezão…

Eu também aproveitei. Foi um tal de comer, passear, descansar e repetir tudo novamente, várias vezes por dia, que eu te contar 🙂

Valeu tanto a pena que planejamos voltar lá nas próximas férias.

Z+WE33l1RHqNgsQfuuhILg0Um7drAITnu11h2Vlu5c+QIMG_9009IMG_9010IMG_9035

As búfalas, resposáveis pela matéria prima dos melhores queijos e manteiga. Claro que, apesar do meu probleminha com a lactose, comi de tudo, né? Como não comer?

IMG_9008

Uma das partes mais gostosas dessa viagem, além da imersão na família, foram os passeios à cavalo. Há quanto tempo eu não fazia isso.

IMG_903487%3I5L5R5a%zIMIQdB+0g

0FRZgf4aSSmiAcrr3bh1tg

Mas ver as crianças juntas brincando é, sem sombra de dúvidas, a parte mais maravilhosa. Assim como foi em Saquarema, na fazenda, os meninos também puderam desfrutar da convivência com os primos e, soltinhos, aproveitar cada pedacinho desses dias que passamos lá.

IMG_9270IMG_9589

Até o Nickito, no apagar das luzes, resolveu se render à montaria e pegou carona no Kodak, o bonitão aí da foto.

Ienz%VH6Roy8fa8dxO5McQ

Suquinho de cacau pra refrescar as ideias.

vZN2wa3VSLizpGLW0vA+6A

Primos reunidos.

IMG_9249IMG_9247IMG_9268IMG_9238IMG_9239

IMG_9246IMG_9240IMG_9242IMG_9235zVnRb0pKRIGWxkALo1bElA

Visitamos também a Liberdade, fazenda de cacau. Lá, vimos não apenas a plantação, como as barcas de secagem e o cacau já ensacado.

HrrpsFqyRS2n2X8oFkoN8wZqJ%lT+zSWOsv4nnS2Fu+A3af81fd7-8ef0-47e6-94ec-dcc973b11620

Família reunida pra foto. Faltou o Toth que já havia ido embora e a Augusta que tirou a foto.
G9lYMfI%S0yfHb7r9w5ouAYfm+0IHHRhuR9L1smpcaMw

E assim foi a segunda parte das nossas férias e nosso começo de 2018. Tem como não ser grata?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s