Moscou: a última parada das férias

Chegamos em Moscou, um lugar que eu nunca pensei em visitar (muito por causa do frio!) e já está me encantando.

Moscou é uma cidade grande, enorme, e tem uma região central bem interessante.

O apartamento do Gustavo e da Adriana é extremamente bem localizado, a passos de distância da Praça Vermelha que agrega edifícios suntuosos e de beleza estonteante, ou seja, turismo com esforço zero, rs.

Passamos nosso primeiro dia passeando pelas redondezas, guiados pela Adriana que além de excelente guia, é uma anfitriã nota dez 🙂 Tratamento 5 estrelas.

Os russos não são muito bem humorados e também não são adeptos ao uso de desodorante, entretanto, um fato curioso que notamos ainda em Saint Petersburg é o hábito de levantarem e darem o lugar no metrô para qualquer criança. Não sei se fazem o mesmo com grávidas e idosos, mas basta avistarem uma criança que se levantam imediatamente e s você agradece e diz que não precisa, eles insistem e não se sentam novamente em hipótese nenhuma. Você não tem alternativa, a não ser colocar os filhos sentados no lugar gentilmente cedido, rs.

Os parques e jardins são muitíssimo bem cuidados e guardados. A polícia está sempre a postos e a um apito de distância de qualquer criança pulando uma cerquinha (Nicky que o diga, rs).

Não se vê pichação em parte alguma, a não ser num pedaço de muro que chamam de John Lennon Wall (tinha uma dessa em Praga também). A ordem e o respeito ao patrimônio parecem prevalecer por aqui.

Fiquei completamente encantada com a Catedral de São Basílio. Nunca vi coisa tão lindamente diferente. Parece um castelo de doces, ou o palácio de Aladin, rs. Dá vontade de passar por ela várias vezes ao dia, todos os dias.

Tudo na praça vermelha é lindo.

A noite é cheia de vida. Artistas de rua pipocam aqui e ali, os bares e restaurantes sempre cheios. Definitivamente, a vida noturna aqui causa, rs – mas tudo muito organizado, a polícia está em toda parte (pelo menos dessa região mais central).

O contraste do dia ficou por conta do passeio pela old Arbat Street e a New Arbat Avenue.  Muito embora meu coração de derreta pelas ruas antigas e seus edifícios históricos, não há como não soltar um wow caminhando pela larga avenida nova com seus edifícios iluminados e a night bombando.

Nosso primeiro dia em Moscou foi só sucesso. O que vier daqui pra frente é lucro 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s