O último dia na Bavária 

E no último dia na Alemanha, eles descansaram. 
Olha, nunca imaginei que um dia eu fosse dizer isso, mas essa viagem está durando mais que a minha bateria, rs. Já não estou mais com aquele pique do início, de sair e passar o dia inteiro passeando e no dia seguinte estar pronta pra mais passeio. 
Claro que também tem o fator tempo marromeno, né? Porque se tivesse fazendo dias lindos de céu azul, a energia se renovaria mais facilmente, mas esses dias lusco-fusco, de chuva aqui e ali acabam contribuindo para o clima de fim de festa. 
Hoje acordei cedo, chequei o weather e voltei a dormir. Não dá pra acordar os meninos cedo para pegar a estrada e passear na chuva, né?
Então, Bad Windsheim e Mespelbrunn vão ficar pra próxima, porque hoje vamos ficar por aqui chilling, porque amanhã pegamos 4 horas de estrada para pegar o avião em Praga para Moscou, que será nossa última parada dessas linhas férias (tão longas que tá dando até uma preguicinha de ir ao Brasil no fim do ano, rs).
Eu, que estava super insegura com essas férias, estou adotando cada minuto. Acho que até agora, a parada menos exciting foi Berlim que, na minha humilde opinião é apenas uma cidade grande de primeiro mundo, sem nada muito especial ou peculiar, a não ser o fato de você encontrar pessoas peladas tomando sol nos parques, rs
Sinto que se tivéssemos ido para Munique em vez de Berlim, eu teria sido muito mais feliz, mas Munique ficou para a próxima. 
Com ou sem Berlim, gostei demais da Alemanha, muito mais do que imaginei que pudesse gostar. Certamente voltaremos, para uma nova road trip 😉
PS. O desafio será acabar com toda a comida que compramos para a semana rsrs

Atualização do fim do dia:

1- mesmo com chuva, acabamos saindo de casa. Pegamos carts e bicicleta e fomos passear numa pequena trilha no meio do mato de baixo da chuva aqui pertinho. Adorei! Super entrei no túnel do tempo e fui parar na minha infância quando eu adorava sair de casa pra brincar na chuva, especialmente quando estava na fazenda. Esses são os momentos que geram as mais gostosas lembranças, sem dúvida! Se você, quando criança, nunca saiu pra brincar na chuva, tomar banho de baixo da canaleta, correr na lama… faça isso com seus filhos. E se vc fez muito isso quando criança, faça novamente com seus filhos 🙂 

2- fomos jantar em Kitzingen, uma cidade a 20 minutos daqui e, adivinhe? Estacionamos o carro e andando pela rua, brigando com o Vivi que estava dando respostinhas malcriadas, esbarramos com uma brasileira, moradora de Kitzingen há quase um ano. Aí eu te pergunto: what are the odds??? 

Batemos papo ao longo da rua e, por fim, ela nos indicou um restaurante para jantarmos, que por sinal foi ótimo. Engraçados os acasos da vida, né? 

Antes de nos despedirmos, trocamos facebook, porque we never know… vai que acaso não existe? 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s