Muita poeira, muita poluição

Não se deixe enganar pela imagem, o ar que nos rodeia é poluído, a poeira que nos cerca é intensa.

img_0070

Quando eu digo ar poluído e poeira intensa, I mean it! Ontem mesmo, por curiosidade, fui checar como estava a condição do ar de São Paulo, uma das cidades brasileiras mais poluídas (tá, eu sei que o Rio também é “super” poluído mas ele não apareceu pra mim no app) e qual não foi minha surpresa ao conferir que o “super poluído” para os padrões brasileiros faz cosquinhas nos padrões coreanos? Lá estava São Paulo com um AQI de 39(!), enquanto nós aqui em Seoul, estávamos com 72 (o que os coreanos consideram moderado). Sydney tava 16.

Só para efeito comparativo de gravidade, no Japão, eles aconselham a não ficar do lado de fora quando o AQI supera a marca dos 70. Nos EUA, eles são um pouco mais benevolentes e alertam que acima de 100 é prejudicial para grupos de risco (asmáticos, crianças e velhinhos). Na Coréia, aparentemente, somente acima de 400 (!!!!) é que a galera sai de casa mascarada (a essa altura, com balão de oxigênio, imagino, rs).

Exageros à parte, o fato é que eu sinto os efeitos da poluição na pele (e nos olhos e no nariz e na garganta e nos cabelos…) e, pior, eu sinto os efeitos da poluição nos pulmões do Vivi, porque a asma logo ataca 😦

Aqui na Coréia é corriqueiro ver pessoas andando de máscaras pelas ruas (especialmente os mais velhos). Alguns usam aquelas cirúrgicas descartáveis, outros com aquelas que se assemelham às utilizadas em construções ou fábricas, mas há até mesmo aqueles que compram máscaras coloridas, estampadas ou engraçadinhas.

Nós nunca usamos, mas ó, deveríamos. Especialmente o Vivi, que tem sua asma acentuada por alergias respiratórias.

O detalhe é que independe da época do ano (apesar de que a tal da poeira amarela sempre vem no início da primavera), então o lance é ficar alerta para não sair de casa para passear, num dia em que o AQI esteja acima de 100.

E dentro de casa?

Ah, capítulo a parte, né?

Aqui em casa nós temos um purificador de ar que ultimamente não sai do vermelho nem por um decreto. Aí você pode pensar: ah, mas é inverno, né? A casa fica fechada, ninguém abre as janela para NADA… é assim mesmo, o ar fica viciado. Errado! Quer dizer, em parte tá certo, realmente aqui em casa não abrimos a janela para NADA, porque com temperaturas negativas lá fora, só sendo louco, né? Entretanto, engana-se quem acha ou achou (eu!) que chegando a primavera a primeira providencia, quando a temperatura ficasse mais amena, seria abrir todas as janelas da casa para trocar o ar. Nananinanão! A menos que a ideia seja trocar o ruim pelo pior, as janelas só poderão ser abertas mediante a comprovação de que a qualidade do ar lá fora está boa (e isso pode demorar para acontecer). Na verdade, o ar dentro de casa, por mais viciado que esteja, está muito melhor do que o ar do lado de fora.

Agora, posso falar? Me dá uma agonia imensa ter espalhados pela casa vários aparelhos que ficam ligados à tomada dia e noite: purificador de ar e umidificadores  estão o tempo inteiro trabalhando por um ambiente melhor.

Eu tenho o plano de encher a casa de plantas purificadoras de ar e só ainda não coloquei em prática porque: 1. ainda não encontrei um lugar para comprar; e 2. não sei  o que farei com elas quando viajarmos, porque um mês, duas vezes no ano, é muito tempo para deixá-las sem água fresca. Masa verdade é que ter plantinhas em casa melhoraria bastante a qualidade do ar aqui dentro.

Agora, o que mais me causa irritação é a poeirada medonha que entra em casa, sei lá por onde, já que mantemos tudo hermeticamente fechado. É uma poeira, mas uma poeira…

Eu costumo aspirar a casa uma vez na semana e toda vez é aquela sessão espirro, especialmente quando aspiro em baixo dos móveis. Como pode acumular tanta poeira embaixo de um sofá, meu Deus!? Dos móveis, você tira poeira de manhã, duas horas depois já vê a maldita se acumulando novamente. Roupa de cama então, meu Pai amado! Não sei mais o que fazer, porque a gente lava e quando seca já tá toda empoeirada novamente. Tem dias que o pânico toma conta de mim. Bate uma vontade danada de sair correndo daqui, mas aí lembro que o ar lá fora é pior do que o aqui de dentro e fico quietinha em casa mesmo 😛

Olha, vou contar uma coisa: nunca na vida tive um blog tão reclamão, rs. Será que é o inverno que me deixa assim? Ou será que é a poeira, a poluição, a ausência de amigos, de vida social… 😛

Anyway, bora focar no lado positivo, porque TUDO na vida tem seu lado positivo e Minha Vida Coreana tem me possibilitado vários aprendizados. Mas ó, cá entre nós, tô contando os dias para as férias de verão, porque uma coisa é certa: precisamos passar, pelo menos um mês fora daqui, de preferência perto da praia (mas também pode ser na Montanha, com muito verde e ar puro, rs). Resta saber onde, porque tô achando que o plano de passear pela Ásia subiu no telhado, já que a poluição toma conta do continente todo.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s