Rapidinha – estacionando em local proibido

img_0334

Ainda não sabemos direito como identificar onde podemos ou não podemos parar o carro, então, quando acontece de pararmos o carro na rua, o fazemos na sorte.

A primeira vez foi bem tranquila, era quase noite de uma sexta-feira, encontramos uma vaga na rua bem em frente ao restaurante e confirmamos com o garçon se estava ok. Beleza, ponto pra gente!

A segunda vez não foi tão beleza assim…. Estávamos numa outra regiãozinha, também aqui em Yeonhui-dong, vimos um carro saindo da vaga ao longo da rua e paramos ali. Não ficamos mais do que uma hora na vaga, foi só uma parada para almoçar (num dia de semana). Quando voltamos, estranhei os limpadores de para-brisa estarem levantados. Ao entrarmos no carro, veio um rapaz falar conosco, como quem quer avisar alguma coisa. Quando viu que não entendíamos patavinas, ariscou umas palavras em inglês: “no parking”(fazendo o sinal de x com as mãos) e, apontando para a loja em frente, completou: “very mad”.

“Ahhhh, então foi isso!” Pedimos desculpas, entramos no carro e partimos.

O interessante é que a indignação coreana leva o sujeito a… levantar os limpadores de para-brisa! Chega a ser romântico, né não? Fosse no Brasil, os quatro pneus estariam furados e a lateria, no mínimo arranhada. Mas aqui, não. Aqui, o sujeito fica bravo, com toda razão (malditos estrangeiros!) e… levanta os limpadores de para-brisa em sinal de protesto.

O detalhe é que em nenhuma das duas situações havia nenhuma placa, nada que indicasse poder ou não parar ali. Como saber?

Por via das dúvidas, evitaremos parar na rua. Melhor morrer numa grana nos estacionamentos do que fazer inimizades por aqui, rs.

Anyway, mais uma coisa para adicionar a minha lista de motivos para sorrir aqui na Coréia: a educação/cultura. Até para protestar, são cordiais.

PS. Sempre que vamos a este restaurante (muito bom, por sinal), os rapazes que trabalham lá (e donos, talvez) fazem um bow tão caprichado que eu me sinto com 80 anos de idade -aqui na Coréia há um respeito enorme pelos mais velhos. Quanto mais velha for a pessoa,  maior é o respeito dispensado a ela, logo, mais marcante é o bow feito pra ela. =\


Em tempo: em frente ao restaurante onde almoçamos (no qual já somos conhecidos), tem uma árvore de caqui carregada! Pelo visto, caqui na Coréia está para banana no Brasil 🙂

img_0332

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s