Mi casa, su casa

img_0295

Chegamos aqui faz mais de 2 meses e a casa ainda não está pronta. Quadros por pendurar (as paredes aqui são de concreto/alvenaria e não temos ferramentas adequadas), cortinas e prateleiras por instalar, pequenas obrinhas por fazer… mas, já dá pra chamar de casa (casa desordenada, mas casa).

Aqui vai uma pequena amostrinha, em ângulo bem fechado, mostrando apenas a parte mostrável 😛

p1070493

Paquerei esse sofá por tanto tempo, durante nossos anos de Austrália, que não poderia ter saído de lá sem ele. Deixei o amarelão pra trás e comecei uma nova fase.

img_0235

O azulão veio conosco. Este eu não vendo, não troco, não dou. É meu e vai comigo pra onde eu for 🙂

p1070494

Tô numa fase mais natural, apostando mais na madeira, no sisal e na folhagem verdinha, mas também sinto falta das cores (o amarelão tá fazendo falta e eu tô doida pra pincelas um móvel ou uma parede numa cor bem vibrante).

O bacana de mudar de casa, de país, de vida, é que a decoração reflete a nova fase. AS coisas mudam de lugar, ganham novos usos. O quadrinho que ficava na parede agora fica sobre a mesinha de centro e virou apoio para copos, por exemplo.

p1070495

Adoro os detalhes e acho que são eles que fazem de uma casa a minha casa.

Para cobrir uma parede horrorenda deste apartamento, a solução mais em conta que arrumei foi comprar 3 estantes. Nelas coloquei toda minha tranqueira amada e, para finalizar, troquei os puxadores e ainda pendurei recordações neles.

p1070497

Fotos, livros, pequenos objetos, caixas que guardam memórias, tudo aqui é cheio de história, sentimento, significado. Nada é aleatório ou simplesmente decorativo, cada pedacinho reporta um momento, um caso, tra’s uma lembrança. Minha casa é um acumulado de lembranças.

p1070498

E assim vou construindo, de pouquinho em pouquinho, a cara da minha casa que, apesar de ainda estar meio de pernas pro ar, já mostra aqui e ali, pedacinhos da nossa família, da nossa história.

No momento o que mais está me incomodando é ter meus quadros todos encostados num canto. Casa minha sem quadros nas paredes não é casa minha.

Assim que conseguir pendurá-los, eu volto para mostrar mais.


Ainda quero visitar o mercado de antiguidades aqui para garimpar uma mesinha lateral e uma console para a entrada 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s