O primeiro (meio) dia dos meninos na escola internacional

p1070038

Ansiedade, expectativa e decepção.

Pobres meninos, estavam tão ansiosos pelo primeiro dia de aula na escola nova que mal dormiram.

Vivi, antes mesmo do relógio despertar, levantou no susto por volta das 5:30 da matina. Nickito, ao ouvir a casa se movimentando, também pulou da cama. Ambos estavam ansiosos, criando mil e uma expectativas em suas cabecinhas sobre como seria o primeiro dia.

Vivi foi super corajoso e encarou o ônibus escolar logo no primeiro dia, sozinho (já que o Nick entrou mais tarde)!

p1070024

Saímos com o Nickito meia hora mais tarde para o Boo-Hoo Breakfast, o café da manhã de boas vindas para as crianças do Kinder e seus pais. Nosso pequeno genioso, que estava bem animado, mudou de humor tão logo chegamos na escola. Disse que tava tudo muito chato, amarrou a cara e não havia santo que o fizesse abrir um sorriso ou demonstrar alguma pequena satisfação/empolgação. Fazer o quê? Paciência…

p1070023

Durante o café da manhã, conhecemos dois pais de amiguinhos de turma do Nickito, um coreano super gente boa (gente fina, diretor de um banco alemão, tá bom?) e um argentino também super gente boa, filho de coreanos, criado nos EUA e casado com uma americana também filha de coreanos. Enquanto o primeiro coreano trajava seu terno alinhado, maridex trajava bermuda, camiseta, tênis e barba por fazer, rs, bem no estilo Mauricinho informal de ser – os contrastes a que estamos sujeitos, tendo nossos filhos numa escola internacional.

Anyway, terminada a confraternização, posamos para a foto das famílias do Kinder e demos tchau para as crias. A criançada saiu toda serelepe, exceto, claro, nosso pequeno Zé encrenca, que abaixou a cabeça e segui a fila resignado, como se estivesse indo para o sacrifício e não sem antes nos alertar: “Eu odeio esta escola. Este será o pior dia da minha vida.” Oh well, espero mesmo que este tenha sido o pior dia da vidinha dele. Sinal que daqui pra frente, tudo ficará muito melhor 🙂

p1070026

Beijos e abraços dados, tivemos 2 horas para passar no mercado e levar umas pequenas comprinhas pra casa nova. Hoje, como foi o primeiro dia, as crianças foram liberadas às 11:30 am, ou seja, míseras 3 horinhas de escola (na verdade, 3 e 1/2 pro Vivi e 2 pro Nickito).

p1070030

No horário combinado, fomos esperá-los no ponto do ônibus escolar  e as caras dos dois ao saírem do ônibus estavam péssimas 😦 Nem o Vivi, o senhor simpatia, nem ele teve um bom dia. Reclamou que a turma era pequena, só tinha asiático e indiano e que os outros dois alunos novos já eram amigos, então, ele ficou sozinho (cortou meu pobre coração de mãe). Disse que tentou falar com os colegas de turma, mas ninguém deu bola pra ele, alías, disse que sequer responderam ao seu “hello”. Oh, vida 😦

Mas aguardemos, eu confio na personalidade extrovertida do Vivi, tenho esperança que seja apenas uma questão de tempo (de pouco tempo), já já os coleguinhas descobrirão o quão figura ele é 🙂

Já o Nick… Começar a alfabetização pela segunda vez com um intervalo de 6 meses será realmente complicado. Já no primeiro dia, reclamou que só fez coisa boring, disse que ficou fazendo a mesma coisa over and over, “coisa muito fácil, mamãe”, comentou com a testa franzida. “E as crianças da minha turma não sabem nem segurar o lápis!”emendou triste. Não será fácil…

Nickito além de ser muito exigente com quem chama de amigo e  de encontrar defeitos em todo mundo, ainda tem o agravante de estar muito à frente das outras crianças, então nem o desafio ele terá :(. Oh vida (2)…

Mas o que não tem remédio, remediado está, não é mesmo?

Falemos agora sobre o jantar, porque cê sabe, né? Comendo e aprendendo 🙂

Fomos, pela segunda vez, comer Korean Barbecue, aquele tipo de restaurante onde você mesmo grelha sua carne 🙂 Desta vez, ou melhor, no restaurante de hoje, o menu ensinava como comer, rs. Um passo a passo com foto e tudo. Primeiro você grelha a carne, depois passa no molho, coloca sobre a folha de alface, adiciona cebola, alho e o que mais desejar, dobra e come. Um wrap show de bola 😉

Aprendemos também que eles só servem os acompanhamento na primeira vez, mas se você quiser refil, pode se servir à vontade. Pena que só descobrimos isso na saída, rsrs. Mas não há de ser nada, Se desta segunda vez já me senti a profissional do churrasco coreano, misturando as carnes aos acompanhamentos no grill, jogando molho e mexendo pra lá e pra cá, na próxima vez estaremos muito mais safos 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s